Fones

A BUSCA PELA ESTÉTICA DEPOIS DOS 70

Postado no dia 8.09.2015 por Odontocape  //   Candidato Ideal, Categoria Geral, Implante com Carga Imediata, Odontologia Estética  //  Sem Comentário

A satisfação de voltar a mastigar, falar e sorrir sem medo.

Há algum tempo vem ocorrendo uma grande mudança na Odontologia, mas precisamente o registro do Odontocape, no que se refere ao crescimento  de pacientes acima de 70 anos, em busca de dois grandes objetivos:

  • Recuperar e melhorar a estética facial
  • Recuperar as funções mastigatórias

De acordo com dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística,  de uma década para cá, a expectativa de vida dos brasileiros aumentou para 73 anos (em 2009), sendo essa situação ma-is favorável às mulheres, onde a expectativa de vida foi para 77 anos. Hoje o país tem  9,7  milhões de pessoas com mais de 60 anos e, ainda segundo pesquisas, em 2025, o Brasil será o 6º país do mundo em número de idosos.

Repor alguns  ou todos dentes perdidos não é apenas uma questão estética

Os números confirmam: é hora de divulgar campanhas esclarecedoras sobre saúde bucal e informações sobre que envelhecer não é sinal de conviver com os problemas causados pela falta de dentes, alertando sobre os problemas que podem decorrer da perda de dentes e, também o uso de próteses totais (dentaduras superior e inferior).

A chamada perda óssea, ou atrofia do osso de sustentação, causada por ausência do dente perdido por doenças periodontais (de gengiva), traumatismos, próteses mal planejadas, mal elaboradas ou não adaptadas é hoje uma realidade que atinge mais da metade da população brasileira acima de 45 anos e pode causar, dependendo do grau, problemas de diferentes naturezas. Funcionais, como dificuldade na mastigação, digestão e fala.

Muitas vezes, a ausência dessa base de sustentação óssea pode causar dor intensa e anular a possibilidade   de instalação de implante dentário. Problemas estéticos como a  inadequada postura do rosto, rugas de expressão e dificuldade da reabilitação estética da prótese são outros riscos possíveis nesse caso. Na esfera psicossocial, a atrofia óssea tende a comprometer a harmonia do sorriso levando a problemas de auto-estima e dificuldades de convívio social.

Para manter o volume ósseo na área onde o dente foi perdido a odontologia especializada oferece hoje técnicas de prevenção sofisticadas como a de regeneração óssea guiada, que nada mais é do que a colocação de um enxerto no alvéolo do dente recém extraído. O objetivo é induzir a formação de uma nova massa óssea, mantendo assim as condições necessárias para se realizar com sucesso o implante dentário.

BOCHECHAS FLÁCIDAS: Não é apenas a passagem do tempo que faz com que as bochechas despenquem. Quando a mandíbula não está bem posicionada, só uma parte da musculatura é usada durante a mastigação. Sem uso, os músculos perdem o tônus e ficam flácidos precocemente. Implantes Dentários também são recomendáveis nesse caso.

O prazer de sorrir e mastigar depois dos 70 –  Atualmente o Odontocape recebe centenas de pacientes, mulheres e homens, de diversas classes sociais, para recuperar a mastigação, o paladar, o qual é comprometido quando o paciente usa prótese removível superior com acrílico no palato “céu da boca”, a estética da face além do principal, que é a melhora da auto-estima.  Segundo Dr.Kleber Lacet, diretor da área de Implantodontia  e Prótese do Odontocape,  um “tratamento com implante dentário pode transformar uma vida”.

Envelhecer não é sinônimo de conviver com a  falta de dentes ou  usar próteses móveis/ dentaduras)

Almoço, lanches e jantares sempre à base de papinhas, sopas, min-gaus, que são alimentos que não exigem uma mastigação  eficiente, tem ainda ocorrido bastante, direcionamento para as pessoas da chamada maior idade.
A melhor e maior absorção de nutrientes é um fator primordial para o viver mais saudável. A medicina cada vez mais exige uma refor-mulação de dietas para obter uma longevidade maior e, com qualidade de vida superior.

Mas,  qual a  responsabilidade  da  Odontologia  nesse  contexto ?

A trituração dos alimentos , junto com os diversos componentes da saliva promoverá a formação de um produto bem triturado, o que in-dica uma fácil deglutição e absorção pelo sistema digestivo.

Estudos independentes atuais, realizados no Japão e Inglaterra, países de ponta na “terceira idade”, avaliaram milhares de idosos e, concluíram que aqueles que tinham uma mastigação com dentes fixos tinham potencial de ingerir melhor os ingredientes em suas dietas – tinham longevidade claramente aumentada em relação as pessoas desdentadas., com menos patologias presentes e melhor qualidade de vida.

Também tinham mais prazer em sorrir e apreciar os alimentos com plena capacidade gustativa.  Hoje não só pessoas jovens e maduras buscam a estética e a função mastigatória eficiente, mas também os da “maior idade”. Existem tratamentos disponíveis para recuperar  dentes perdidos e para substituir a dentadura.

Pessoas completamente desdentadas – Um dos grandes beneficiários do implante dental são aquelas pessoas completamente desdentadas ( superior e/ou inferior), que há algum tempo atrás teriam que se contentar com uma prótese móvel (dentadura).

Hoje, muitas dessas pessoas, após um diagnóstico com o dentista, estão aptos a receber uma DENTIÇÃO FIXA, através do IMPLANTE e da PRÓTESE SOBRE IMPLANTE; mais confortável e o  melhor: apto também a TÉCNICA DE CARGA IMEDIATA ( instalação dos implantes e colocação dos dentes fixos em 72 horas).

É importante salientar que a IDADE NÃO É um fator determinante para uma pessoa repor os dentes ausentes, através do implante

dentário, porém é recomendado não instalá-los antes dos 15-16 anos, até que o crescimento maxilar esteja completo.

ODONTOCAPE 

Você nasceu para sorrir.

Unidade Graças – (81) 3301.7830

Unidade Boa Viagem – (81) 3301.5780

Unidade Agamenon – (81) 3222.7222

Unidade Caruaru – (81) 3721.7479

Deixe um Comentário